Marca Flex Eventos
Flex 30 Anos

GRUPO DIMED PROJETO NOVA SEDE - ELDORADO DO SUL

GRUPO DIMED - PROJETO NOVA SEDE

GRUPO DIMED PROJETO NOVA SEDE - ELDORADO DO SUL

O projeto arquitetônico, assinado pela Pedro Simch Arquitetura e pela Sousa Guerra Arquitetura da Nova Sede do Grupo Dimed e centro logístico em Eldorado do Sul é sustentável e conta com o maior e mais moderno Centro de Distribuição da América Latina (segundo a austríaca Knapp - empresa fornecedora de soluções para Centros de Distribuição), com tecnologia de ponta e uma estrutura organizacional totalmente renovada. Um empreendimento que representa um grande passo para o futuro da Empresa e demonstra o fortalecimento do Grupo Dimed. Após 18 meses de obras e um investimento de mais de R$ 80 milhões, foram construídos mais de 23.000m² em uma área de cinco hectares.

MASTERPLAN
Em amplo terreno de 50 mil m², os arquitetos planejaram duas grandes áreas, com objetivos bem claros. A porção frontal do terreno, às margens da BR-290, se destina Acesso
Principal e ao fluxo de pessoal, localizam-se ali o prédio da Sede Administrativa, o Restaurante, Áreas de Lazer e o acesso de pessoal ao Centro de Distribuição, além do estacionamento de colaboradores. As áreas de circulação de pessoas e automóveis são claras e funcionais, para evitar percursos longos e desnecessários. As passarelas, desde a portaria principal, são cobertas, conectando todas as edificações para o bem-estar dos colaboradores.
A área operacional/logística, ao fundo do terreno, conta com acesso por rua secundária, exclusivo para veículos de carga. Servida de ampla área de manobra e estacionamento, sem cruzamento com movimentação de colaboradores, a operação de carga e descarga é muito funcional. A posição dos prédios administrativos, junto à divisa norte do terreno, deixa livre de volumes edificados a direção dos ventos predominantes da região (sul e leste) em direção ao Pavilhão do Centro de Distribuição, favorecendo e potencializando a ventilação natural deste.

ÁREAS DE LAZER / PAISAGISMO / INTEGRAÇÃO COM A NATUREZA
A bela paisagem é composta por vegetação, lago, pátios ajardinados para descanso após
refeições e trilhas para caminhadas integradas ao paisagismo. Os jardins são pontos de encontro e relax para os colaboradores do Grupo. Árvores frutíferas e paisagismo agradável ao visual contribuem para a qualidade dos momentos de intervalos e descanso, tendência atual, onde o bem-estar dos colaboradores é traduzido em maior motivação, menor absenteísmo e aumento de produtividade.
O estacionamento de veículos leves é rebaixado em relação ao nível de circulação de pessoas. Desta forma, a presença dos carros na paisagem é pormenorizada. O plantio de árvores apropriadas entre as vagas, além de prover o sombreamento dos carros, contribui fortemente para a as visuais agradáveis dos percursos.
Os ambientes de trabalho administrativos têm amplas aberturas envidraçadas. A vegetação está presente no interior dos prédios administrativos, que estão circundados por belos jardins. Junto ao Restaurante, há espaço de salas de jogos, estar com TV, biblioteca 
e espaço de leitura.

SUSTENTABILIDADE
Os prédios contam com sistema de dimerização das luminárias integrado à iluminação externa. Conforme a incidência de luz natural as lâmpadas automaticamente aumentam ou reduzem sua potência, suprindo a quantidade de lux normativa, com economia de energia.
Controladas através da automação predial, cortinas de proteção solar externas às fachadas, conforme a incidência solar, protegem os ambientes de trabalho da insolação direta.
De autoria do Eng. Celso Fulvio Petracco, o sistema de ar-condicionado do prédio administrativo apresenta solução inovadora, de altíssima eficiência energética. A distribuição de ar dos ambientes é feita através do piso elevado por difusores de piso com velocidades baixíssimas, o que faz com que haja baixo ruído, propicia temperaturas uniformes e evita a incômoda sensação de vento junto aos pontos de insuflamento. Por meio do ciclo economizador, quando a temperatura e a umidade do ar externo forem favoráveis, é automaticamente desligada a geração de frio, sendo admitido o ar externo, filtrado e insuflado aos ambientes de trabalho. Além do controle e condicionamento da temperatura e da umidade dos ambientes, o sistema de ar-condicionado trata da qualidade do ar, mantendo sempre a taxa de CO2 dentro dos padrões de saúde recomendados, contribuindo para a qualidade do ambiente de trabalho.
A ventilação natural do pavilhão do Centro de Distribuição recebeu atenção especial da equipe de projetistas, desde a concepção estrutural deste prédio. Uma sequência de decisões interdisciplinares possibilitou excelente solução.
Em região de solo pouco resistente, não seria prudente e econômico apoiar o piso industrial sob solo compactado. O piso do pavilhão deveria então ser estaqueado. Surge desta forma um grande “porão”, com faces abertas para leste e sul (ventos predominantes na região) e fechadas para oeste e norte.
O projeto de ventilação natural prevê no piso centenas de grelhas uniformemente distribuídas e, na cobertura grandes lanternins (com aberturas reguláveis/motorizadas). Em dias quentes, os ventos predominantes a partir do porão e pelas grelhas de piso adentram o pavilhão renovando o ar interior sendo exaurido nos lanternins de cobertura. Nos dias frios, fechando-se os lanternins, corta-se o grande fluxo de ar, permitindo que a própria carga térmica interna do pavilhão eleve sua temperatura e reduza a umidade do ar.
A iluminação natural é abundante em todos os prédios. Na administração e
restaurante, entra através das fachadas envidraçadas rodeadas pelos jardins.
No pavilhão do CD, diversos domus de lentes prismáticas admitem na cobertura
a luz natural, difusa e protegida dos raios UV (em dias claros, não há necessidade de luz artificial nas áreas de operação).
Flexibilidade também é sustentabilidade: tanto do prédio administrativo como no pavilhão do CD as áreas de apoio (sanitários, copas, etc) estão em anexos ao corpo principal do prédio, permitindo diferentes configurações de layouts operacionais.

AMBIENTE DOS ESCRITÓRIOS
Distribuídos em três pavimentos, os escritórios do prédio administrativo se configuram no formato “open-office” em torno de um grande átrio central de pé-direito triplo, coberto por uma enorme claraboia de vidro. Outra tendência moderna, a interação entre as equipes é fundamental para a produtividade. Ponto alto deste projeto, a integração espacial é indutora da interação e da troca entre os colaboradores de diferentes áreas da empresa.
Carpetes em placas, assentados sobre o piso elevado, somados aos forros modulares de alta absorção acústica, mesmo com a total integração espacial, promovem ambientes calmos e silenciosos, adequados à produtividade.
As instalações se distribuem pelo piso elevado e forro, permitindo diferentes arranjos de layout ao longo dos anos. Ponto forte na sustentabilidade funcional da empresa.
A iluminação artificial deste prédio, ao contrário do usual, é direcionada ao forro branco, chegando por reflexão às estações de trabalho. Esta solução traz aos ambientes de trabalho a qualidade da luz difusa e uniforme, além de cumprir a quantidade de lux indicada por norma.

O projeto Dimed Eldorado é fruto da boa parceria e envolvimento entre os arquitetos, a diretoria e a equipe de colaboradores do Grupo.

Projeto Arquitetônico: Pedro Simch Arquitetura e Sousa Guerra Arquitetura (Arq. Pedro Simch, Arq. Enrique Sousa, Arq. Fernando Guerra) Projeto Arquitetura de Interiores: Pedro Simch Arquitetura e Sousa Guerra Arquitetura (Arq. Pedro Simch, Arq. Enrique Sousa, Arq. Fernando Guerra)